Um novo guia do mapeamento da língua

Por Beatriz Burgos

O gerativismo é a teoria linguística criada por Noam Chomsky, na segunda metade do século XX, em oposição ao estruturalismo bloomfieldiano, que defende a existência de uma faculdade da linguagem inerente à espécie humana, com estrutura e propriedades específicas – ou seja, existiria um conjunto de regras estruturais, na língua, inato aos humanos, independentemente da experiência individual de cada um. A gerativa é considerada um divisor de águas no campo da linguística, uma vez que reabilita o inatismo cartesiano buscando formalizar os fatos linguísticos, constituindo um sistema de regras e dando ênfase ao falante por meio de seu desempenho e de sua competência. Busca regularidades a partir do sistema, aplicando ao estudo da linguística método e princípios, concebendo a estrutura sintática como um objeto complexo formado por categorias gramaticais hierarquizadas. A partir dessa ideia, nasce, no campo da Gramática Gerativa, como uma de suas vertentes, a Cartografia Sintática.

Apesar de não se falar aqui de cartografia no sentido geográfico, “o que motivou os estudiosos da Cartografia Sintática desde seu início foi o desejo de desenhar – como os cartógrafos da Geografia – mapas completos e detalhados, mas dessa vez das configurações sintáticas das línguas naturais” (Cinque & Rizzi, 2010, apud Neto, 2021, p. 19). A Cartografia Sintática ocupa-se, portanto, da análise precisa e minuciosa da estrutura sintática e de outros domínios, e vem crescendo consideravelmente no Brasil, havendo já uma considerável e importante gama de publicações a respeito desse campo. No entanto, apesar disso, Aquiles Tescari Neto, um dos pesquisadores mais expressivos da Cartografia no Brasil, atentou-se para a escassez de manuais introdutórios sobre o tema que reunissem questões fundamentais da Cartografia e que guiassem, sobretudo, o estudante de graduação em formação no universo do fazer cartográfico, apresentando-lhe suas questões epistemológicas e metodológicas.

Tescari Neto é professor do Instituto de Estudos da Linguagem da Universidade Estadual de Campinas (IEL-Unicamp) e coordenador do grupo de pesquisa CNPq LaCaSa – Laboratório de Cartografia Sintática: Pesquisa e Ensino, no qual, por meio de seus orientandos de graduação e pós-graduação, teve contato com as dificuldades que enfrentam os estudantes ao adentrar o universo do gerativismo, em especial ao depararem com alguns termos técnicos, assunções teóricas da Cartografia e outras especificidades teóricas do programa, lembrando o autor das dificuldades que ele próprio enfrentou em seu percurso formativo.

Por isso, inspirado pelas questões de seus alunos e orientandos e em busca de suprir a falta de um material realmente introdutório para o estudo da Cartografia Sintática, Tescari Neto enfrentou o desafio de elaborar Sintaxe Gerativa: uma introdução à cartografia sintática, lançado pela Editora da Unicamp. A obra, segundo o próprio autor, tem, portanto, o principal objetivo de encorajar os estudantes ao estudo da Cartografia Sintática, servindo como guia metodológico e oferecendo ferramentas que de fato lhes façam sentido. Destina-se, assim, segundo Tescari Neto, sobretudo a alunos de cursos introdutórios, inclusive de graduação.

Dividido em cinco capítulos, o manual apresenta de forma clara e organizada um passo a passo para aqueles que estão iniciando uma investigação nesse tão fascinante campo. O primeiro capítulo é de cunho epistemológico e trata da diretriz metodológica-guia da Cartografia Sintática e de suas premissas principais. O segundo destina-se à definição do conceito de “Categoria Gramatical” – e, por isso, é “essencial a todo interessado em Tipologia Linguística, não só aos estudantes de Sintaxe Gerativa” (Neto, 2021, p. 15). Em seguida, no terceiro capítulo, o enfoque é dado à metodologia da Cartografia, útil ao estudante de Gerativa. Os capítulos 4 e 5 introduzem os leitores às derivações sintáticas, sem nunca deixar para trás questões da Linguística Geral. O final de cada capítulo conta com uma seção chamada “Agora é com você”, em que são propostas questões que convidam o leitor a refletir sobre os tópicos abordados.

Segundo Sandra Quarezemin, que assina o prefácio da obra, Sintaxe Gerativa: uma introdução à cartografia sintática trata de fenômenos do português brasileiro, mas não se limita a eles: o faz, sempre, situando a nossa gramática diante da gramática de outras línguas. A prefaciadora chama atenção para o fio condutor presente entre todos os capítulos do livro, que permite ao leitor, com facilidade, acompanhar a construção do objeto em análise.

Sintaxe Gerativa: uma introdução à cartografia sintática, portanto, vem preencher uma importante lacuna no nosso mercado editorial, uma vez que oferece, de forma acessível – mas tão rica quando as estruturas linguísticas de que trata –, recursos metodológicos que fundamentam a análise cartográfica. Esse inovador manual permite a alunos de graduação e pós-graduação interessados no estudo da Gramática Gerativa – mais especificamente, da Sintaxe Cartográfica –, um material de estudo enriquecedor e facilitador do aprendizado. Tescari Neto prova que o caminho para um bom guia metodológico é a conversa desobstruída com seus leitores – um público, segundo ele, “amplíssimo e felizmente heterogêneo” – e fecha a apresentação do livro dizendo: Espero que o livro faça, então, jus a seu objetivo principal: servir como um guia metodológico e epistemológico a todo interessado em Cartografia Sintática e, por isso mesmo, em Gramática Gerativa. Que ofereça, aos caros leitores, as ferramentas necessárias a desenhos de mapas sintáticos que, no sentido da epígrafe, em suma, realmente signifiquem alguma coisa sobre essa nossa capacidade inata que nos faz tão humanos: a linguagem!

Para saber mais sobre o livro, visite o nosso site!

Sintaxe Gerativa: uma introdução à cartografia sintática

Autor: Aquiles Tescari Neto

ISBN: 978-65-86253-99-3

Edição: 1a

Ano: 2021

Páginas: 216

Dimensões: 16 x 23 cm

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s