A harmonia no samba e no choro: da teoria à prática

por Paula Cruciol e Souza

HarmoniaA Harmonia Funcional é uma derivação da Harmonia Tradicional tal como o português o é do latim — inicialmente têm estruturas semelhantes, mas o tempo fez que uma se tornasse distinta da outra. Enquanto músicos eruditos criticam a superficialidade e os supostos atalhos da Funcional, os populares criticam a complexidade e a falta de praticidade da Tradicional; no entanto cada teoria tem seu lugar na Música. Compreendê-las e ser capaz de reconhecer suas semelhanças e diferenças demandam estudo atento e resultam no maior domínio tanto da teoria quanto da prática musical.

Com o propósito de aperfeiçoar o ensino da disciplina de Harmonia, em especial a Funcional, Carlos Almada escreve o livro Harmonia funcional sustentando seu discurso didático no estabelecimento da Harmonia como núcleo de formação consistente de um músico. Flautista, arranjador e compositor, Almada é formado pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, onde leciona, na Escola de Música, “Harmonia e Análise” e ministrou o curso que deu origem à obra.

O livro resgata a Harmonia Tradicional como origem da Harmonia Funcional, equilibrando teoria e prática e aprofundando suas bases ao mesmo tempo que diferencia uma teoria da outra. Para isso, o autor expõe um breve histórico do desenvolvimento de ambas, destacando o papel da música popular na cisão entre elas, chegando a mencionar, inclusive, a possível criação de uma disciplina de História da Harmonia, que abarcaria os dois temas.

As estratégias didáticas utilizadas por Almada, em suas palavras, são simples e lógicas, diferentes das mais comuns, pois recorrem à história do desenvolvimento da teoria simultaneamente à análise de peças musicais. O livro é, então, dividido em três partes. A primeira contextualiza o estudante em relação aos pré-requisitos do estudo de Harmonia, apresentando uma breve revisão da Teoria Musical: estruturas harmônicas e seus processos construtivos. A segunda descreve a teoria da Harmonia Funcional. A terceira apresenta a Harmonia Aplicada na música popular brasileira nos gêneros samba e choro, nos quais a harmonia é um fator primordial de caracterização estilística.

Ao final, o autor ainda acrescenta três apêndices. O primeiro deles é sobre os elementos ligados aos fenômenos harmônicos; o segundo, uma proposta de cifragem que resolve as incoerências e equívocos do sistema brasileiro atual; o terceiro, uma coleção de quadros e tabelas que reúnem aspectos teóricos utilizados ao longo do livro. De forma similar à sua estratégia pedagógica de ensino da teoria, paralelo à análise de peças musicais, Almada sugere que a leitura dos apêndices seja feita junto com a leitura de cada parte do livro, pois eles completam os capítulos, acrescentando informações e trazendo diferentes aspectos de cada assunto. Quanto à cifragem, por mais que o autor traga uma proposta nova, o texto segue a tradicional para melhor acompanhamento do estudante.

Caracterizado como “a racionalização do processo intuitivo de harmonização ‘instantânea’ de sambistas e chorões”, o livro Harmonia funcional, único no Brasil com essa abordagem, é uma leitura essencial a qualquer estudante de Música.

Harmonia Funcional (2D) siteHarmonia funcional

Autor: Carlos Almada

ISBN: 978-85-268-0969-7

Reimpressão: 3ª – 2017

Edição:

Ano: 2012

Páginas: 288

Dimensões: 21×28

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s