Uma crítica da crítica

E. P. Thompson at 1980 protest rally
E. P. Thompson at 1980 protest rally.

 

 

Por Mariana Ferraz

Em Teoria, política e história, Perry Anderson discute as críticas ferrenhas lançadas a Louis Althusser na obra A miséria da teoria ou um planetário de erros, de E. P. Thompson. Os dois historiadores – Anderson e Thompson – integraram a New Left Review, um jornal marxista influente do final do século XX.

Com o intuito de estabelecer um debate, o autor analisa a justeza e a acurácia das críticas feitas a Althusser, além de usar os métodos recomendados na própria obra de Thompson para destacar os principais pontos do trabalho do historiador. O livro, publicado pela primeira vez em português, é estruturado em sete capítulos – Historiografia; Agência; Marxismo; Stalinismo; Internacionalismo; Utopias; Estratégias – que identificam pontos-chave de discordância entre Thompson e Anderson.

No Prefácio à edição brasileira, Danilo Enrico Martuscelli explica:

 

Trata-se de um livro que aborda questões decisivas para o desenvolvimento do marxismo como ciência e para a luta socialista, destacando-se aqui na sequência em que figuram no texto: a relação entre dados empíricos e teoria; o papel da agência humana na história; as ambiguidades do conceito de experiência presente na obra de Thompson; as polêmicas em torno da formação da classe trabalhadora na Inglaterra; a evolução do pensamento de Marx e as bases constitutivas do materialismo histórico; os equívocos de Thompson quanto à caracterização de Althusser como um teórico stalinista; a trajetória intelectual de Althusser, sua crítica ao stalinismo e sua proximidade com a Revolução Cultural Chinesa; a trajetória política de Thompson, o que envolve sua saída do Partido Comunista da Grã-Bretanha e sua posterior adesão a um partido de caráter socialdemocrata: o Partido Trabalhista inglês; o internacionalismo e suas implicações sobre o debate no interior da esquerda inglesa; a crítica ao utopismo político-moral de William Morris, que havia influenciado a obra de Thompson; o problema da transição e da estratégia socialistas. (p. 11)

 

Essa polêmica entre Anderson e Thompson pode ser vista, por um lado, como o último episódio de uma disputa intelectual prolongada e, por outro, como o fim de uma série de seminários para historiadores sobre a natureza e o propósito da pesquisa histórica. Além disso, coloca questões que dizem respeito à relação entre a teoria marxista e a política socialista, essencial não apenas para a esquerda inglesa, mas para a esquerda em geral. Teoria, política e história é uma obra fundamental para o campo da historiografia marxista.

Teoria, política e história: Um debate com E. P. ThompsonTeoria, política e história: Um debate com E. P. Thompson

Autor: Perry Anderson

Tradução: Marcelo Cizaurre Guirau

Revisão da tradução: Ivan M. Ribeiro

ISBN: 978-85-268-1453-0

Edição: 1a

Ano: 2018

Páginas: 248

Dimensões: 16 x 23

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s