Um exercício de resenha

As estudantes Amanda, Daniela e Miriandiélle, que participam  do programa Ciência & Arte nas Férias da Unicamp, receberam sua primeira “missão” no setor de Comunicação e Divulgação Científica da Editora da Unicamp: escrever diferentes tipos de texto sobre um livro, voltados para públicos e canais distintos (release, blog, resenhas e redes sociais).

O livro escolhido foi A arte de ator, de Luís Otávio Burnier (foto). Na obra, o ator, diretor e coordenador do Lume — Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas Teatrais da Unicamp faz uma reflexão sobre as artes corporais, tomando como ponto de partida a necessidade de desautomatizar o corpo, formalizado e formatado pelas convenções sociais.

Leia a seguir as resenhas escritas pelas estudantes.

Resenha de Amanda Gonçalo de Morais

O livro trata sobre o teatro, a dança, as artes circenses e, também, sobre o papel do ator e do espectador diante o palco, além da presença do som e da música. Explica toda a sistematização e representação do ator, incluindo suas técnicas corporais, dos movimentos às ações vocais.

A obra é bem detalhista acerca dos movimentos e das ações, apresenta imagens e nomes, tais como Nelson Rodrigues e Decroux. Luís Otávio Burnier, o autor, também usou notas para ilustrar os conceitos apresentados, de forma que o leitor entenda de maneira mais clara suas posições. O autor também traz à tona suas experiências com o trabalho de colegas, expondo suas próprias técnicas em certas partes do livro.

De modo geral, este livro contém registro de toda técnica válida para o ator de teatro, fazendo-o entender e interpretar melhor esta área artística.

Resenha de Daniela Freitas

Luís Otávio Burnier reuniu em sua obra A arte de ator, seus anos de experiências com as artes corporais, marcados por pesquisas feitas ao redor do mundo, desenvolvendo técnicas corpóreas e vocais como a mímica corporal, Wolzen – imitação corporal – e Clown – arte circense – necessárias para qualquer ator que deseja entregar-se à sua arte.

O livro apresenta imagens demonstrando exercícios de mímica corporal desenvolvidas por Etienne Decroux e a imitação de corporeidades, como também possui técnicas de Eugenio Barba que juntou as  tradições teatrais europeias e asiáticas dando origem à antropologia teatral, a ciência do “corpo” dilatado que torna a presença do autor e do bailarino mais eficaz para cativar o espectador.

Além disso, contém imagens de diversos ensaios e referências bibliográficas de grandes representantes das artes cênicas.

Resenha de Miriandiélle Aparecida da Silva

No livro  A arte de ator são apresentadas técnicas corporais de como realizar uma melhor apresentação dos trabalhos artísticos, o autor procura ampliar as áreas artísticas como dança, teatro e clown – arte circense – e nos propõe uma versão da arte de acordo com suas pesquisas.

O livro contém alguns detalhes como notas e imagens que ajudam na compreensão dos textos.

O objetivo principal do livro é desconstruir as corporeidades da cultura brasileira que influenciam na vida do ator. O conteúdo do trabalho leva o leitor a refletir sobre as expressões de diferentes partes do corpo que podem ser aliadas às influências culturais. A obra é repleta de referências bibliográficas que indicam de onde foram retiradas as informações que despertaram o interesse nessa pesquisa.


SERVIÇO

Autor: Luís Otávio Burnier
Reimpressão: 3º-2015
Edição: 2ª edição, 2009
Ano: 2009
Páginas: 312

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s