A construção civil não convencional

Por Vinícius Russi

Você já ouviu falar em construção verde ou ecoamigável? O livro Utilização de resíduos agroindustriais na construção trata do aproveitamento dos subprodutos gerados pelos processos industriais, uma das bases desse tipo de construção civil. A obra oferece aos estudantes, pesquisadores e profissionais de diversos âmbitos uma variedade de estudos a fim de identificar resíduos aproveitáveis e analisar em detalhes suas aplicações práticas, aprofundando as discussões sobre esse assunto cada vez mais relevante.

O livro é organizado por Antonio L. Beraldo, doutor em Sciences Du Bois (Ciência da Madeira) pela Université de Lorraine, França, e atual professor da Faculdade de Tecnologia da Unicamp. Com vasta experiência na área de Engenharia Agrícola, e ênfase em Engenharia de Construções Rurais, ele pesquisa principalmente os usos do bambu, da madeira, de compósitos e de materiais alternativos. Para essa coletânea, Beraldo reuniu 26 especialistas nas mais diversas áreas do conhecimento, como Arquitetura, Ecologia, Tecnologia, Matemática, Engenharias Civil, Agrícola, Ambiental, Química, de Materiais, entre outras, fornecendo um conjunto sólido de dados para profissionais dessas áreas.

Essa proposta segue o crescente reconhecimento que a construção verde, ou ecoamigável, vem adquirindo no âmbito acadêmico mundial e trata de um de seus componentes essenciais: formas alternativas de aproveitar os resíduos agroindustriais. O setor de construção civil tem sofrido com um sério problema de escassez de recursos naturais, além do seu alto custo de exploração, e, por isso, a busca por materiais alternativos àqueles comumente empregados vem ganhando destaque em numerosos estudos. Na maioria dos casos, essas substâncias acumulam-se em volumes expressivos e não são tratadas, reaproveitadas ou eliminadas de maneira adequada, podendo causar graves problemas de poluição, como contaminação do solo e da água. Sobre isso, a professora Lia Lorena Pimentel ressalta:

“A construção civil é uma das indústrias que mais causam impacto ao meio ambiente. A extração desenfreada dos recursos naturais, a produção de cimento, a produção de concreto, e a geração indiscriminada de resíduos de construção civil, afetam diretamente o meio ambiente, a sociedade e as cidades”.

Dessa forma, a obra busca responder à esta questão principal: de que maneira esses resíduos podem contribuir para uma construção civil tecnologicamente eficaz e praticamente sem custo? Os autores apresentam e descrevem detalhadamente uma gama desses subprodutos, analisando as diversas formas de utilizá-los como materiais de construção duráveis, ecológicos, eficientes e sustentáveis, que economizem recursos energéticos.

Ao longo de 13 capítulos, as pesquisas abordam, por exemplo, os usos alternativos da biomassa, da areia, do concreto, do gesso, do fosfogesso; analisam aglomerantes cimentícios, comportamento térmico de paredes com blocos EVA, resíduos de cerâmica vermelha, isoladores elétricos de porcelana; além de apresentar a legislação brasileira a respeito de tais aplicações. O livro percorre outros tantos temas impossíveis de serem destacados neste breve texto, todos eles complementados por figuras, tabelas e gráficos que enriquecem ainda mais a leitura com informações visuais.

Mas a importância da obra vai além do vasto conteúdo sobre o aproveitamento de resíduos. É preciso ressaltar a sua função de conscientizar os leitores acerca da urgência em mitigar nosso impacto negativo no planeta. Marzieh Kadivar e Holmer Savastano Junior, autores do “Prefácio”, enfatizam que, “para que esses produtos alternativos se tornem amplamente aceitáveis, é necessário potencializar a maior conscientização entre todas as partes interessadas na indústria da construção civil”, e que, dessa forma,

“Espera-se que este livro possa servir como um guia para estudantes de graduação e pós-graduação, engenheiros civis, engenheiros agrícolas e de biossistemas, tecnólogos e projetistas, bem como profissionais atuantes em áreas afins e jovens pesquisadores motivados em usar materiais não convencionais, reduzir o impacto ambiental, aprimorar a qualidade de seu trabalho e impedir a perda de valiosos recursos disponíveis no Brasil e em outros países”.

Não é novidade que as ações do ser humano têm prejudicado imensamente as condições de vida na Terra. Muito tem sido ensinado e noticiado há décadas sobre as consequências da destruição de habitats, da perda da biodiversidade, da poluição em suas mais variadas formas. Tudo isso já é de conhecimento geral. A novidade é que, pouco a pouco, por meio de pesquisas e estudos, obras como essa têm divulgado possibilidades eficientes de mudança e, mais do que isso, estão instruindo minuciosamente de que maneira ela deve ser realizada.

Para saber mais sobre o livro e adquirir o seu exemplar, acesse o nosso site!

Utilização de resíduos agroindustriais na construção

Organizador: Antonio L. Beraldo

ISBN: 978-65-86253-33-7

Edição: 1a

Ano: 2020

Páginas: 408

Dimensões: 15,7 x 23 cm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s