A relevância do trabalho de Robert Slenes nos estudos sobre a escravidão

escravidão e cultura afro
Quitandeiras em rua do Rio de Janeiro, 1875 (Marc Ferrez/Acervo Instituto Moreira Salles).

 

Por Jessica Moreira Siqueira

 

Em reconhecimento à produção de seu mestre, os discípulos de Robert Slenes enaltecem a relevância da contribuição do historiador no livro Escravidão e cultura afro-brasileira: Temas e problemas em torno da obra de Robert Slenes. Organizado por alguns de seus ex-orientandos – Gladys Sabina Ribeiro, Jonis Freire, Martha Campos Abreu e Sidney Chalhoub –, a obra reúne artigos que discutem temas ligados às suas linhas de pesquisa. Entre os assuntos analisados estão a influência da cultura africana, a importância dos laços familiares entre os escravizados, a resistência dos cativos e o cenário pós-abolição. Apresenta ainda um debate sobre o método utilizado nos estudos sobre a escravidão, destacando, assim, o papel do historiador na renovação da abordagem das pesquisas na área. Fechando o livro, Robert Slenes concede uma entrevista na qual narra um pouco da sua trajetória pessoal e acadêmica.

Veja também o documentário inspirado pelo livro: Malungos de viagem.

 

escravidão e cultura afro-brasileira

 

 

Escravidão e cultura afro-brasileira

Organizador: Gladys Sabina Ribeiro, Sidney Chalhoub, Jonis Freire e Martha Campos Abreu.

ISBN: 978-85-268-1363-2

Edição: 1ª

Ano: 2016

Páginas: 456

Dimensões: 16×23

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s