Um olhar multidisciplinar sobre os fenômenos populacionais

Fundado em 1985, o Núcleo de Estudos da População Elza Berquó (Nepo) da Unicamp acumula uma produção que se destaca por estender a fronteira dos temas e abordagens clássicas da demografia, avançando na compreensão dos determinantes sociais, econômicos, históricos e ambientais de fenômenos populacionais.

O Nepo destaca-se, então, por sua produção inovadora e multidisciplinar em áreas temáticas relevantes, cujos resultados subsidiam políticas públicas e a atuação de instituições da sociedade civil, levando pesquisadores, gestores e a própria sociedade a olharem para fenômenos naturalizados ou antes invisíveis, tais como fecundidade, violência, saúde da população negra e segurança alimentar da população indígena.

Essa produção é compilada e analisada no livro Demografia na Unicamp – um olhar sobre a produção do Nepo. Publicado pela Editora Unicamp, o livro foi organizado pela demógrafa Elza Berquó – fundadora do Núcleo que leva o seu nome – e oferece uma coletânea de pesquisas que marcaram a história deste centro de pesquisa.  Como assinala Jair Lício Ferreira Santos, a obra “abriga componentes clássicos da análise demográfica e alarga fronteiras da demografia por meio de esforços inovadores praticados no Nepo”.

Assim, no livro, são apresentados estudos que analisam a relação entre a mobilidade populacional e meio ambiente, assim como as dinâmicas demográficas e gestão dos recursos hídricos.

Em outra frente, a obra apresenta pesquisas nas esferas da saúde reprodutiva e sexualidade em suas interfaces com família, gênero e população.  Temas como o lugar do homem na reprodução, gravidez não desejada e a questão do aborto, bem como a composição dos domicílios e núcleos familiares brasileiros também fazem parte da coletânea.

Finalmente, abordagens como demografia histórica, demografia e etnias e saúde e população também estão presentes neste livro, em uma coletânea de artigos científicos que contribuem para a compreensão das questões demográficas, socioeconômicas e político-culturais da população brasileira.

—-

Leia a entrevista “Marcas do pioneirismo na demografia” com a demógrafa Elza Berquó, concedida  à revista Pesquisa Fapesp e publicada no Jornal da Unicamp.

 

SERVIÇO
Título: Demografia na Unicamp – Um olhar sobre a produção do Nepo
Organizadora: Elza Berquó
Edição: 1ª
Ano: 2017
Páginas: 600

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s