A arte de editar livros

Editar é ordenar o caos. É assim que Plínio Martins Filho descreve o ofício que exerceu por mais de 45 anos, passando pela Editora Perspectiva, Ateliê Editorial e Edusp. Além de sua presença no mercado editorial, Plínio também consolidou sua carreira como professor do curso de Editoração da Escola de Comunicação e Artes da USP.

Essa dupla atuação faz com que o Manual de Editoração e Estilo, lançado em 2016 pela Editora da Unicamp em parceria com a Edusp e a Editora UFMG, seja uma fonte de consulta tanto de profissionais do livro quanto de pesquisadores acadêmicos, uma vez que pode ser lido como um guia não só de padronização de obras, mas também de teses.

Se, por um lado, a tarefa do escritor é tão solitária quanto a do leitor, que trava um monólogo consigo mesmo, por outro, o autor pontua que a função do editor, enquanto leitor privilegiado e primeiro de um texto, é estabelecer diálogos. Dialogar com os materiais originais e seus autores é parte do processo de organização do caos, visando à ordem que chegará nas mãos do leitor.

Contudo, mais do que estabelecer uma ponte entre autores e leitores, a característica de não ser uma profissão solitária diz respeito ao fato de que editores precisam se apoiar em normas e convenções, que escapam de seu arcabouço pessoal. O Manual de Editoração e Estilo surge de forma singular no contexto brasileiro não para impor regras absolutas, mas para facilitar a padronização de conceitos por vezes difusos e controversos.

O ofício de editar abarca revisar, preparar e diagramar textos, tarefas com suas especificidades que possuem um propósito comum. Plínio Martins Filho as conecta em um único manual, partindo dos aspectos formais de um original, passando por sua edição, projeto gráfico e tipologia, e chegando até as normatizações de ortografia, de língua portuguesa e também de línguas estrangeiras, e de pontuação. A edição conta com exemplos ilustrados de cada elemento que compõe a feitura de um livro, além de divisões didáticas de todos os processos, facilitando consultas e servindo de guia para leitores que trabalham aperfeiçoando textos.


manual.jpg

Manual de Editoração e Estilo
Autor: Plinio Martins Filho
Edição: 1ª
Ano: 2016
Páginas: 728

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s